top of page

HÁLITO AZUL

NOTÍCIAS

ARTE FINAL PORTUGUÊS CORES.jpg

A PEDRA SONHA DAR FLOR LONGA METRAGEM DE RODRIGO AREIAS TEM ESTREIA NACIONAL AGENDADA EM FORMATO CINE-CONCERTO NA 32ª EDIÇÃO DO FESTIVAL CURTAS DE VILA DO CONDE.

A Pedra Sonha dar Flor’ cine-concerto com Dada Garbeck

14 julho - 17:30h - Auditório Municipal de Vila do Conde.

​https://festival.curtas.pt/programa/fc-pg-405/

SINOPSE​

Numa casa de hóspedes da Vila Húmus, perdida nos confins da ria, sobrevive-se num tempo sombrio. K. Maurício, escritor, mergulha na sua obra "A Morte do Palhaço", tornando-se refém de sonhos impossíveis. Pita, um facilitador, manipula palavras e pessoas, divertindo-se num jogo cínico com quem o rodeia.

Entre crimes e alucinações, entre o gótico da noite e decadência da arena corre uma história sem esperança, a partir das obras de Raul Brandão.

"O CORNO DO CENTEIO" DE JAIONE CAMBORDA, VENCE A CONCHA DE OURO NA 71ª EDIÇÃO DO FESTIVAL INTENACIONAL DE CINEMA DE SAN SEBASTIÁN, O MAIS IMPORTANTE GALARDÃO DA COMPETIÇÃO

No passado sábado, dia 30 de setembro, o filme "O Corno de Centeio" foi premiado com a Concha de Ouro, para melhor filme da 71ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián.

O Corno do Centeio, de Jaione Camborda, é uma longa metragem de ficção co-produzida entre três países: Espanha, Portugal e Bélgica. Filmado entre a Galiza e o Norte de Portugal e produzido pelas produtoras:MiramemiraBando à Parte e Bulletproof Cupid.

SINOPSE​

Illa de Arousa, 1971. Maria é uma mulher que ganha a vida na apanha de marisco. Ela também é conhecida na ilha por ajudar outras mulheres no parto com dedicação e cuidado especial. Após um evento inesperado, ela é forçada a fugir e inicia uma jornada perigosa que a fará lutar por sua sobrevivência. Em busca de sua liberdade, Maria decide atravessar a fronteira por uma das rotas de contrabando entre a Galiza e Portugal.

CORNO_TIFF_SS.jpg

31ª EDIÇÃO CURTAS VILA DO CONDE 2023

NORTH PORTUGAL FACTORY

ESPINHO

André Guiomar , Mya Kaplan

MARIA

Mário Macedo, Dornaz Hajiha

AS GAIVOTAS CORTAM O CÉU 

Mariana Bártolo , Guillermo Garcia Lopez

Sessões Especiais: Abertura e Encerramento

[PRO] Industry Screenings

FLYBY KATHY

uma curta metragem de Pedro Bastos.

[CI] Competição Internacional

[CN] Competição Nacional

O HOMEM DAS PERNAS ALTAS

uma curta de animação de Vitor Hugo Rocha 

[PN] Panorama Nacional

PROMO_CURTAS_VILA_DO_CONDE.jpg
Prémios_sophia_nomeações.jpg

CONHECIDOS OS NOMEADOS PARA A 21ª EDIÇÃO DOS PRÉMIOS SOPHIA: OBJETOS DE LUZ, O HOMEM DO LIXO, GARRANO E MAR INFINITO PARTICIPAM NA COMPETIÇÃO

'ANA MORPHOSE', CURTA DE ANIMAÇÃO DE JOÃO RODRIGUES PREMIADA NA MONSTRA 2023

Menção honrosa para Ana Morphose

Prémio SPA/ Vasco Granja

MONSTRA - Lisbon Animated Film Festival.


ESTREIAS INTERNACIONAIS

Este mês Ana Morphose vai ter a sua estreia Internacional na Children and youth competition na 69ª edição do Oberhausen International Short Film Festival.

A sua estreia na America do Sul será no BAFICI - Buenos Aires International Festival of Independent Cinema. 
O filme está também convidado fora de competição, para os seguintes festivais: 

Moscow International Film Festival

Short to the Point Film Festival

Brighton International Animation Festival.

337519114_1628635704320420_1878798209269244505_n.jpeg
DirectorsFactory_2023_edited_edited.jpg

COM A NOVA QUINZENA, A FÁBRICA TORNA-SE A FÁBRICA DOS REALIZADORES!

Este programa visa o surgimento de novos talentos no cenário internacional, permitindo que quatro duplas recém-formadas (um realizador regional associado a um diretor internacional) co-realizem um filme.

Depois dos Balcãs em 2019, a Quinzena dos Realizadores, o Bando À Parte e a DW associam-se este ano para um programa de filmes à North Portugal Factory. 

O festival terá o orgulho de apresentar na sua 55ª edição o fruto dessas colaborações: 4 curtas-metragens co-escritas e co-realizadas.

Os sete realizadores selecionados trazem também projetos de longas-metragens e aproveitarão a presença na Quinzena para fazer pitch

desses projetos aos profissionais (produtores, distribuidores e vendedores)

 

OS PARES 2023:

ANDRE GUIOMAR (Portugal) & MYA KAPLAN (Israel)

MARIO MACEDO (Portugal) & DORNAZ HAJIHA (Irão)

MELANIE PEREIRA (Portugal) 

MARIANA BARTOLO (Portugal) & GUILLERMO GARCIA LOPEZ (Espanha)

clermont.jpeg

O HOMEM DO LIXO, DE LAURA GONÇALVES, ELEITO O MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
NO FESTIVAL DU COURT MÉTRAGE DE CLERMONT-FERRAND

Prancheta 1.jpg

NÃO SOU NADA - THE NOTHINGNESS CLUB

DE EDGAR PÊRA NA COMPETIÇÃO OFICIAL DE ROTERDÃO IFF 2023

 

Não Sou Nada é um thriller psicológico dentro da cabeça de Fernando Pessoa, que no seu Clube do Nada, habitado por heterónimos, o poeta consegue concretizar todos os seus sonhos em vida. Mas a entrada em cena de uma mulher sofisticada, muito diferente da Ofélia do mundo real, vem destabilizar o Clube, ao mesmo tempo, que o ultrajante heterónimo vanguardista, Álvaro de Campos, disputa a autoridade de Pessoa de forma violenta.

flyby.jpg

FLYBY KATHY CURTA METRAGEM DE PEDRO BASTOS COM ESTREIA MUNDIAL NO ROTERDÃO IFF 2023

Em 1981, a actriz inglesa Kathy Harcourt desapareceu misteriosamente nos Estados Unidos.
40 anos depois, desvenda-se esta história a partir de uma velha cópia de 35mm do último filme que a actriz protagonizou.
Este filme remonta este breve episódio da idade de ouro do cinema para adultos.

Captura de ecrã 2022-07-07, às 09.01.28.png

OBJECTOS DE LUZ UM DOCUMENTÁRIO DE MARIE CARRÉ E ACÁCIO DE ALMEIDA COM ESTREIA INTERNACIONAL NA 75ª EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE LOCARNO

 

https://www.locarnofestival.ch/LFF/home

SINOPSE

A evocação da luz no cinema leva a Personagem do Homem da Luz a reflectir sobre ela, sua essência e as suas múltiplas manifestações numa revisitação a espaços geográficos e de memórias.

the garbage men.jpg

'O HOMEM DO LIXO' GALARDOADO DUPLAMENTE COM O GRANDE PRÉMIO DO JÚRI E DO PÚBLICO NA COMPETIÇÃO DE CURTAS METRAGENS NO ANIMAFEST ZAGREB

Na sua estreia internacional, a curta-metragem ganhou o Grand Prix e o Prémio do Público para melhor curta-metragem do festival croata.

Na Declaração do júri da Grande Competição de Curtas-Metragens pode ler-se: "Muitas coisas nos impressionaram neste filme. O naturalismo do diálogo. O calor e a intimidade do ambiente familiar. Mas, acima de tudo, a ternura com que conta a sua história de generosidade no meio das dificuldades políticas e económicas em Portugal. E também o macaco."

DISTOPIA_CARTAZ_v1.jpg

DISTOPIA DE TIAGO AFONSO PREMIAÇÕES

O documentário Distopia de Tiago Afonso foi premiado duplamente no DocLisboa 2021 com o prémio de melhor filme da competição portuguesa e também com o prémio Escola Etic também para melhor filme da competição Portuguesa. Na ultima edição do Porto Post Doc venceu o prémio Cinema falado.

AC2020_Fest080821_MagistralePhotocall_35080921-2048x1365.jpeg

A TÁVOLA DE ROCHA TEVE A SUA ESTREIA INTERNACIONAL NA 74ª EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNCIONAL DE LOCARNO 2021


Estreou mundialmente no início de agosto no festival de Locarno, esta primeira longa-metragem de Samuel Barbosa explora o processo criativo de Paulo Rocha através dos seus filmes, das suas personagens, dos artistas com que trabalhou e de outros testemunhos da sua arte.

241098398_136427982022269_4573303357586100673_n.png

SYCORAX ESTREIA MUNDIAL NA QUINZAINE DES RÉALISATEURS EM CANNES 2021

Um filme rodado nos Açores com Agustina Muñoz, Diana Diegues e Susana Abreu.

Uma co-produção Bando à Parte e Filmika Galaika.

Quem é Sycorax? O primeiro de todos os personagens de "A Tempestade" de William Shakespeare a pisar na ilha da peça. O problema é que Sycorax não tem voz. Ela mal é mencionada por Próspero como uma bruxa velha e perversa que vilmente prendeu Ariel, o espírito do ar, em uma árvore.

Mas por que ela trancaria Ariel numa árvore? Aqui, não acreditaríamos tanto em Próspero.

bottom of page