mar inf_edited.jpg
mar inf_edited.jpg

MAR INFINITO

Portugal 2021 FIC 78'.

Director: Carlos Amaral

Production: Bando à Parte

Numa existência paralela, Pedro batalha para se juntar ao êxodo humano rumo a outro planeta. Ele vive assolado por sonhos e frustrações de ser deixado para trás até que conhece Eva, que desafia os seus objectivos. Mas é num planeta inundado que ele acaba sozinho, a procurá-la, ao mesmo tempo que é confrontado com o propósito da sua viagem.

 

   Mostra de São Paulo – Festival Internacional de Cinema (Brasil)·

   The Black Sea Film Festival (Roménia)
- Prémio Melhor Filme Ficção
· IPIFF - Independent Producers Indie Film Festival (Roménia)
- Prémio Trophy Best Indie para Produção de Melhor Filme Internacional
· Festival de Cinema Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira (Portugal)
- Prémio Público
· Festas Espaciais Tsiolkovsky (Rússia)

 

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

filme_compilação_curtas.jpg

VENCIDOS DA VIDA
 

Portugal 2020 FIC 66'.

Realizador: Rodrigo Areias

Production: Bando à Parte

Num velho cinema decrépito, várias histórias surgem como fantasmas. Uma compilação de filmes de diversos formatos projetam múltiplas versões de pessoas vencidas pela vida. “Para um homem, o ser vencido ou derrotado na vida depende, não da realidade aparente a que chegou —mas do ideal íntimo a que aspirava”. Assim afirmava Eça de Queirós no lema do Vencidos da Vida, grupo informal que reunia personalidades da vida cultural portuguesa no final do século 19.

 


· Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Brasil)

· Festival Internacional de Cine de Valdívia (Chile)
· Festival Internazionale del Cinema di Salerno (Itália)
· SPLIT Film Festival / International Festival of New Film (Croácia)
· Ischia Films of The Year (Itália)
· Kyiv Film Festival (Ucrânia)
· Jaipur International Film Festival (Índia)
· Alvsbyn Film Festival (Suécia)
· Mostra de València – Cinema del Mediterrani (Espanha)

 

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

LISTEN.jpg

LISTEN

Portugal - UK 2020, FIC 74´

Realizadora: Ana Rocha de Sousa

Bando à Parte - Pinball London

Distribuição: Magnolia Pictures

Nos subúrbios de Londres, Bela e Jota enfrentam sérias dificuldades quando os "serviços sociais" levantam suspeitas sobre a segurança dos seus três filhos. A surdez da filha de 7 anos desencadeia um processo no sistema que parece nāo ter fim. Tudo se complica com o passar do tempo. Ouve-me retrata a desgastante luta pela uniāo da família após um erro irreversível.

· Venice International Film Festival (Itália)
- Prémio Bisato d’Oro Competição “Orizzonti” Melhor Filme
- Prémio “Sorriso Diverso Venezia” Melhor Filme Língua Estrangeira

- Prémio Arca CinemaGiovani Melhor Filme
- Prémio Venice Horizons Special Jury Prize
- Prémio Luigi De Laurentiis Best Debut Film

· ZINEBI - Festival Internacional de Documentário e Curta Metragem de Bilbau (Espanha)
· Busan International Film Festival (Coreia do Sul)
· Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Brasil)

· Raindance Film Festival (Inglaterra)
- Prémio Melhor Actriz
· Academia de Cinema Portuguesa - Gala Prémios Sophia (Portugal) - Prémio Melhor Filme
- Prémio Melhor Realização
- Prémio Melhor Actriz
- Prémio Melhor Actriz Secundária
- Prémio Melhor Argumento Original

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

Screenshot%202019-10-16%20at%2016.13_edited.jpg

SURDINA

Portugal 2020, FIC ,74'

Realizador: Rodrigo Areias

Bando à Parte

Num espaço rural, um velho homem recebe a notícia de que a sua falecida mulher foi vista a fazer compras na feira. 

Revoltado, pretende esconder-se de todos, despeitado e triste, mas os seus amigos insistem para que não dê ouvidos ao povo e aproveite tal facto para se fortalecer e, quem sabe, casar-se de novo. 

Esta é uma história da delicadeza de se ser velho, do que resta ainda para sonhar e para amar quando a idade avança significativamente e o corpo se enfraquece. Num Portugal antigo e recôndito, que afinal existe, apesar de tudo quanto façamos para nos modernizarmos. 

 

· Kyiv International Film Festival – Molodist (Ucrânia)

- Prémio Melhor Filme Estrangeiro

· Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Brasil)

· Flickers’ Rhode Island International Film Festival (EUA)

- Prémio Melhor Longa-Metragem

· Girona Film Festival (Espanha)

- Prémio Melhor Filme

- Prémio Melhor Fotografia

- Prémio Melhor Música

· Liverpool Film Festival (Inglaterra)

- Prémio Melhor Actriz

- Prémio Melhor Actor

· Jaipur International Film Festival (Índia)

- Prémio Melhor Longa-Metragem

· WorldFest - Houston International Film Festival (EUA)

- Prémio Silver Remi Melhor Comédia Dramática

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

ONS.jpg

ONS

Espanha - Portugal -  2020, 87' FIC

Realizador: Alfonso Zarauza

Maruxiña - Bando À Parte

​​

Após uma profunda depressão pela morte da sua amante num acidente de viação,

o doutor Vicente vai ao encontro da sua mulher Mariña numa remota ilha no Atlântico com a intenção de passar o verão, curar a tristeza e recuperar o seu
matrimónio. A vida na ilha solitária fá-lo sentir-se bem, pedindo à sua mulher para prolongar a estadia durante o outono. Cada dia se vai
sentido melhor até que, uma misteriosa e amnésica mulher estrangeira aparece nas suas vidas, após um naufrágio no meio de uma tempestade. A partir desse momento já nada voltará a ser como antes.

· Sevilla Festival de Cine Europeo (Espanha)

· Mestre Mateo Awards (Espanha)
- Prémios Melhor Actor
- Prémio Melhor Actriz
- Prémio Melhor Actriz Secundária
- Prémio Melhor Fotografia
- Prémio Melhor Direcção Produção - Prémio Melhor Argumento
- Prémio Melhor Montagem
- Prémio Melhor Som
- Prémio Melhor Filme
· Festival Cineuropa 34 (Espanha)
- Prémio Cineuropa
· Márgenes Film Festival (Espanha)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

domi.jpg

CAMINHOS MAGNETYKOS

Portugal - Brazil -  2018, FIC

Realizador: Edgar Pêra

Bando à Parte - Persona Non Grata

​​

“O Dinheiro Não é Tudo” Raymond, 60 e poucos anos, parisiense, autor de bds fotográficas e filmes de animação francês, veio para Portugal com o 25 Abril, apaixonou-se e ficou por Portugal, onde reside há 40 anos. A sua actividade entrou em decadência e Raymond vive na dependência económica da sua mulher Gertrudes. Caminhos Magnéticos desenrola-se no dia do casamento da sua filha de 21 anos, Catarina com Damião, um homem rico da sua idade.

Em Lisboa vive-se uma guerra civil e está em vias de ser instaurado um regime autoritário militarizado. Durante uma noite e um dia de humilhações, Raymond irá viver uma revolta interior e uma viagem caleidoscópica numa cidade em vias de desmoronar . É também o desmoronar das suas convicções.​

· Festival Internacional de Cinema de Roterdão (Países Baixos)

· Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Brasil)

· Psychedelic Film and Music Festival (EUA)
- Prémio Melhor Longa-Metragem Psicadélica
· Glendale International Film Festival (EUA)
- Prémio Melhor Longa-Metragem Experimental
· OTB – Only The Best International Film Awards (EUA)

- Prémio Júri Melhor Longa-Metragem Experimental
· Rhode Island International Film Festival (EUA)
- Prémio Vortex Sci-Fi & Fantasy Feature Film
· Central States IndieFanFilmFest (EUA)
- Prémio Excelência
- Prémio Melhor Actor
· New York City International Films InFest (EUA)
- Prémio Melhor Longa-Metragem Experimental
- Prémio Melhor Actor Internacional

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

lovers.jpg

AMANTES NA FRONTEIRA

Portugal - Japan - USA - 2018, FIC, 

Realizador: Atsushi Funahashi

Bando à Parte - Office Kitano - Cineric

Esta é uma história de duas buscas por vingança, em eras diferentes, em continentes diferentes, que culminam em diferentes conclusões.

Os seus protagonistas são afastados dos seus companheiros por diversos factores, estatuto social, nacionalidade, meios.

O seu ódio guia-os por um caminho de vingança provocado pelas suas perdas. Estes amantes encontram-se perdidos nas suas vidas à deriva entre nações.​

· Mostra de São Paulo – Festival Internacional de Cinema (Brasil)

· Tokyo International Film Festival (Japão)

· Asian Film Festival (EUA)
- Prémio Melhor Banda Sonora
· London Independent Film Festival (Inglaterra)
- Prémio Melhor Longa-Metragem Estrangeira
· Kinema Junpo Awards (Japão)
- Prémio Melhor Actor

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

MABATABATA_01.jpg

MABATA BATA

Moçambique / Portugal, 2018, FIC, HD, Cor, 74'

Realizador: Sol Carvalho

Bando à Parte e Promarte

Azarias é um jovem pastor, órfão, guardião de uma manada de bois, onde se destaca Mabata Bata. Os bois serão a base do pagamento do "lobolo", um dote tradicional que seu tio Raul deve pagar para o próprio casamento.
O sonho de Azarias é ser uma criança normal, ir à escola, no que é apoiado pela avó. Um dia, quando Azarias está no pasto, Mabata Bata pisa em uma mina – fruto da guerra civil no País – e explode.
O jovem teme as represálias do tio e foge para a floresta, levando consigo os bois restantes. A avó e o tio partem em sua busca, para resgatá-lo e convencê-lo a voltar.  O filme é uma adaptação de um conto do aclamado escritor Mia Couto.

· Rotterdam International Film Festival (Países Baixos)

· Liverpool Film Festival (Inglaterra)
- Prémio Melhor Longa-Metragem
- Prémio Melhor Realização
· Atlantis Film Awards (Espanha)
- Prémio Menção Especial
· New York City Independent Film Festival (EUA)
- Prémio Best Narrative Feature
· Silk Road International Film Festival (República da Irlanda)
- Prémio Melhor Narrativa
· UMF – 19o Urban Mediamakers Festival (EUA)
- Prémio Best International Film
· Luxor African Film Festival (Egipto)
- Prémio Melhor Filme Assuntos Africanos

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

fin.jpg

FADE INTO NOTHING

Portugal, Ficção, 2017, 70′, HD

Realizador: Pedro Maia

Bando à Parte

O músico The Legendary Tigerman (Paulo Furtado), a fotógrafa Rita Lino e o realizador Pedro Maia embarcaram numa viagem pelo deserto californiano e o resultado é Fade into Nothing: um filme que é tanto um road movie como um falso diário em super 8mm. Reunindo textos do músico e imagens de um grão luminoso, o filme descreve o trajecto de um homem que não foge nem se esconde, simplesmente se encaminha para o nada, procura ser nada. Durante esta tra- vessia, Paulo Furtado compôs parte do seu novo álbum, que será editado em Setembro. Fade into Nothing é a sua antecâmara cinemática.

· Mostra de São Paulo – Festival Internacional de Cinema (Brasil)

· New Visions International Film Festival (Países Baixos)
· Caminhos do Cinema Português (Portugal)
· IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema (Portugal) · MIMO Festival de Cinema (Portugal)
· Loulé Festival MED (Portugal)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

Delirio-Em-Las-Vedras_9fev.jpg

DELIRIUM IN LAS VEDRAS

Portugal, 2017, 3D, 84', Cor

Realizador: Edgar Pêra

Bando à Parte

No carnaval de Torres Vedras não há diferença entre atores e espectadores, tudo é simultaneamente encenado e espontâneo. Uma comédia surreal de costumes, Delírio em Las Vedras é um filme que ultrapassa qualquer definição ou género. Durante sete dias (seis dias de Carnaval mais a noite do seu enterro), um grupo de repórteres inspirados nos diferentes estilos dos canais televisivos, dos canais pimba aos culturalistas, dos radicais aos musicais, dos radiais aos canais 3D, invade o Carnaval de Torres Vedras. O seu objetivo é garantir o máximo de audiência. E estão dispostos a tudo para isso! Os repórteres mascaram-se de forma a poderem misturar-se com a multidão, quebrando assim todas as barreiras e tornando-se parte da Realidade do Carnaval. Tudo é real dentro do surrealismo do Carnaval de Torres Vedras.

  • SELECÇÃO OFICIAL ROTERDÃO IFF - HOLANDA 2017

  • SELECÇÃO OFICIAL MOSTRA DE SÃO PAULO - BRASIL 2017

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

Captura%20de%20ecr%C3%A3%20-%202017-02-22%2C%2016.20_edited.jpg

O AUGE DO HUMANO

Argentina - Portugal- Brazil - 2016, FIC, 97' HD

Realizador: Eduardo Williams

Ruda Cine - Bando à Parte - RT Features

Três jovens de diferentes partes do mundo e aparentemente sem relação entre si vivem experiências parecidas: trabalhar e perder o emprego, buscar  identidade e não se encontrar. Exe, argentino, Alf, moçambicano e Archie, das Filipinas, acabam por se conhecer na internet, enquanto procuram algum tipo de conexão. Algumas coisas parecem ser iguais entre eles, ou quase. Numa lenta perseguição, surge um mistério que os une a todos, não somente os humanos.

 

· Festival Internacional de Cinema de Locarno (Suíça)
- Prémio Leopardo d’Ouro Secção Cineastas Presente
- Prémio Menção Especial Júri 1a Longa-Metragem
· Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim (Alemanha)

· Festival Internacional de Cinema de Jeonju (Coreia do Sul)
- Prémio Competição Internacional
· Fidmarseille – Festival Internacional de Cinema de Marselha (França)
- Prémio Grande Prémio FIDLab Apoio Desenvolvimento
· Janela Internacional de Cinema do Recife (Brasil)
- Prémio Melhor Fotografia
- Prémio Melhor Filme
· Festival Internacional de Cinema de Toronto (Canadá)
· Festival Internacional de Cinema de Nova York (EUA)
· Viennale – Festival Internacional de Cinema de Viena (Áustria)

· Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata (Argentina)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

porto (1).jpg

PORTO

Portugal - USA - France - 2016, FIC, 35mm, 75'

Realizador: Gabe Klinger

Bando À Parte - Double Play Films - Gladys Glover

Jake, um americano solitário afastado da família, e Mati, uma estudante francesa de viagem com o seu professor e amante, conhecem-se uma noite na cidade do Porto e criam uma ligação breve mas marcante. Os momentos compartilhados entre si estão envolvidos por uma aura de mistério. Através das suas memórias, Jake e Mati revivem as profundezas de uma noite que o tempo não alterou.

· Rotterdam International Film Festival (Netherlands)
· BAFICI - Independiente International Film Festival of Buenos Aires (Argentina)
- FEISAL Award Best Director
· San Sebastián International Film Festival (Spain)
· BFI – London Film Festival (England)
· São Paulo International Film Festival (Brazil)
· Thessaloniki International Film Festival (Greece)
· Tallinn Black Nights Film Festival (Estonia)
· SXSW – South by Southwest Film Festival (USA)
· Turin Film Festival (Italy)
· Guadalajara International Film Festival (Mexico)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

ORNAMENTO-E-CRIME-sessao-especial_edited.jpg

ORNAMENTO & CRIME 

Portugal, 2016, FIC, HD , B&W 90´

Realizador: Rodrigo Areias

Bando à Parte

Ornamento & Crime é um filme policial sobre extorsão, arquitectura e corrupção. Conta a história de um detective privado série B que, enquanto tenta encontrar uma forma de sair da cidade, vai continuando os seus esquemas de extorsão com ajuda da sua companheira. Porém, numa sociedade dominada pela máfia da construção civil, a parada poderá ser alta demais.

· Festival de São Paulo – Festival Internacional de Cinema (Brasil)

· Viennale – Festival Internacional de Cinema de Viena (Áustria)

· Festival Internacional de Cinema de Barcelona (Espanha)
- Prêmio El Rey de Excelência em Narrativa Dramática
· Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira (Portugal)
- Prêmio Público
- Prêmio Menção Honrosa do Júri
· Academia Portuguesa de Cinema – Gala dos Prémios Sophia (Portugal)
- Prêmio de Melhor Trilha Sonora
· FICARQ Santander – Festival de Arquitectura e Cinema (Espanha) · LEFFEST – Lisbon & Estoril Film Festival (Portugal)
· Caminhos Cinema Português Film Festival (Portugal) · Arquitecturas Film Festival (Portugal)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

background-1024x576.jpg

LISBON REVISITED

Portugal, 2014, FIC,69', 3D

Realizador: Edgar Pêra

Bando à Parte

Lisbon Revisited é uma viagem onírica (e trágica) vista através dos olhos espantados de um trans-humano e uma kino-sinfonia de vozes dos inúmeros heterónimos de Fernando Pessoa.

 

“Pensar é estar doente dos olhos”, disse Alberto Caeiro, o mais sensorial dos heterónimos de Pessoa. Lisbon Revisited vive através desta doença, mostrando formas alternativas de ver (a cidade) e ouvir (Pessoa). O título vem de um poema do seu heterónimo futurista, Álvaro de campos. Este filme é numa cine-liturgia e um kino-exorcismo de Lisboa e dos fantasmas de Fernando Pessoa. Poliglota, polifónico e tridimensional, Lisbon Revisited é falado nas três línguas em que Pessoa escreveu: Português, Inglês e Francês.

 

· Locarno International Film Festival (Suíça)

· Jeonju International Film Festival (Coreia do Sul)

· Festival du Noveau Cinema de Montreal (Canadá)
· Festival de Cinema de Bogotá (Colômbia)
· DocLisboa Festival Internacional de Cinema (Portugal)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

3X3DMASTER5-1024x576.jpg

3X3D

Portugal, 2013, 3D, 100', Cor

Realizadores: Peter Greenaway, Edgar Pêra, Jean Luc Godard

Bando à Parte

O que queremos dizer quando falamos de memória? Da primeira dimensão, o passado chama-nos como se fosse uma terra distante; então contamos histórias para tentar revisitar as suas paisagens. E a partir da segunda dimensão, o tempo que nos separa do passado pode ser medido, mas nunca extinguido. Então, contamos histórias e fazemos filmes como se estivesse-mos no presente.
Mas podemos adicionar uma terceira dimensão? Peter Greenaway, Jean-Luc Godard e Edgar Pêra respondem a esta pergunta em 3D. Ou melhor, eles adicionam seu próprio espaço às medidas de tempo e imagens do passado.

· Festival Internacional de Cinema de Cannes (França)

· New Horizons International Film Festival (Polónia)
· MIFF – Moscow International Film Festival (Rússia)
· Filmfest Hamburg (Alemanha)
· Melbourne International Film Festival (Austrália)
· Shanghai International Film Festival (China)
· Busan International Film Festival (Coreia do Sul)
· Festival Internacional de Cine en Guadalajara (México)
· Molodist - Kyiv International Film Festival (Ucrânia)
· CPH: PIX Copenhagen Film Festivals (Dinamarca)
· BAFICI – Festival Internacional de Cinema de Independente de Buenos Aires (Argentina)
· SITGES – Festival Internacional de Cinema Fantástico da Cata- lunha (Espanha)
· Hong Kong International Film Festival (Hong Kong)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

estradadepalha01.png

ESTRADA DE PALHA 

Portugal, 2012, FIC, 90',HD, Color

Realizador: Rodrigo Areias

Bando à Parte

Esta é a história de um homem que após ter vivido longe do seu país durante mais de uma década, volta à sua aldeia para vingar a morte do irmão. Inspirado nos escritos de Henry David Thoreau, traduz Desobediência Civil para Português.


· Karlovy Vary International Film Festival (República Checa)
- Prémio Menção Especial Júri
· Mostra - Festival Internacional de Cinema de São Paulo (Brasil)

Festivais (Outros)
· Caminhos do Cinema Português – Festival Internacional de Cinema (Portugal)
- Prémio Melhor Actor Secundário
- Prémio Melhor Banda Sonora Original
· Festival de Cinema dos Açores - Faial Film Festival (Portugal)
- Prémio Menção Especial Júri
· Federação Internacional de Cineclubes (Portugal)
- Prémio Melhor Fotografia
· Fundação GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas (Portugal)
- Prémio Melhor Actor Secundário
· Academia Portuguesa de Cinema – Prémios Sophia (Portugal)

- Prémio Melhor Banda Sonora
· Midnight Sun Film Festival (Finlândia)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

The_Baron.jpg

O BARÃO

Portugal, 2011, FIC, 105', B&W

Realizador: Edgar Pêra

Bando à Parte

Inspirado na obra de Branquinho da Fonseca, é um remake neuro-gótico dum filme fantasma, realizado durante a II Guerra. Proibido pelo Ditador por retratar um tiranete, um vampiro marialva que aterrorizava os habitantes duma região montanhosa.

· Rotterdam International Film Festival (Países Baixos) - Prémio Crítica

· New Horizons International Film Festival (Polónia) · Busan International Film Festival (Coreia do Sul)

· IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema (Portugal) - Prémio Menção Honrosa Fotografia
· Faial Film Fest (Portugal)
- Prémio Melhor Montagem
· Gala Globos de Ouro (Portugal)
- Prémio Melhor Actor
· Prémios Autores SPA (Portugal)
- Prémio Melhor Actor
· Golden Ghoul Awards (Sérvia)
- Prémio Melhor Filme
- Prémio Art y Horror
- Prémio Melhor Actor
- Prémio Melhor Fotografia

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

la suc.png

DHARMA GUNS - LA SUCCESSION STARKOV

France - Portugal - 2010,FIC, 93'

Realizador: F.J.Ossang

O filme abre com um acidente de ski aquático: uma rapariga, Délie, conduz um barco a motor e puxa um rapaz, Stan. Estão ambos a testar os seus próprios limites quando se dá um acidente… Stan acorda de um coma depois deste grave acidente, descobrindo que os especialistas em genealogia procuram um indivíduo cuja identidade corresponde à sua. Em vez de se questionar sobre esta filiação testamentária, toma posse da herança do Professor Starkov e embarca para o país de Las Estrellas… Uma odisseia de purificação onde a intuição e a telepatia aceleram a viagem no tempo. “Dharma Guns” revisita o mito de Orfeu e Eurídice combatendo a tirania do Todo Poderoso-Tempo.

· Festival Internacional de Cinema de Veneza (Itália)
· Rotterdam International Film Festival (Países Baixos)

· New Horizons International Film Festival (Polónia)
· Mostra - São Paulo International Film Festival (Brasil)
· BAFICI- Buenos Aires International Independent Film Festival (Argentina)
· Festival Internacional de Cine de Morelia (México)
· Taipei Film Festival (Taiwan)
· CPH: PIX Festival de Cinema (Dinamarca)

· Bogotá Film Festival (Colômbia)
· FANTASIA International Film Festival (Canadá)
· Al Este Festival Internacional de Cine (Perú)
· Festival da Primavera (França)
· Helsinki International Film Festival Love & Anrachy (Finlândia)

· A L’Est Eastern and Central European Film Festival (França)
· Trieste Film Festival (Itália)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.

Tebas.jpeg

TEBAS

Portugal, 2007, FIC, 80', Cor

Realizador: Rodrigo Areias

Tebas é uma adaptação da tragédia clássica de Sófocles, Rei Édipo, com um piscar a Jack Kerouac. Partindo da perda de identidade de uma segunda geração de emigrantes portugueses, Tebas conta a história de um jovem que em busca das suas origens parte de Paris em direcção a Portugal com um camionista beatnik. E mergulha nas profundezas de Tebas num road-movie surrealista.


 

· Mostra de São Paulo Festival Internacional de Cinema (Brasil)

Festivais (Outros)
· Mostra Luso Amazónica (Brasil)
· Mostra de Cinema Português Museo Verbum (Espanha)
· Fantasporto (Portugal)
· Festival Internacional de Cinema Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira (Portugal)
· Festa do Cinema Periférico de Lisboa (Portugal)
· Faial Film Festival (Portugal)

PRÉMIOS E FESTIVAIS.